102-730x365

Infra de TI: Por que Adotar Hiperconvergência?

Se você fizesse uma avaliação do seu departamento de TI hoje em dia, qual seria o resultado? Enquanto gestor ou analista, você provavelmente deve identificar algumas dores ligadas a desempenho, gerenciamento e custo que tornam o seu dia-a-dia um pouco mais difícil. Que tal uma tecnologia que ofereça infraestrutura moderna e escalável, com mais simplicidade e continuidade para o seu negócio?

 

O cenário ideal para a Tecnologia de Informação moderna

 

– Tecnologias que oferecem maior desempenho a custos mais baixos;

– Servidores mais potentes;

– Adoção generalizada da virtualização dos servidores para a maior parte das cargas de trabalho;

– Abordagem atualizada da TI com aplicações nativas em nuvem.

 

Posicione a sua TI no cenário de transformação digital

 

As dores que você já identificou no seu dia-a-dia e acabou de ser lembrado no início desse artigo são resultado das crescentes exigências dos negócios, uma vez que a transformação digital é uma realidade em forte expansão e consequentemente as expectativas sobre infraestrutura estão cada vez maiores, já que esse é um fator de grande relevância na competitividade das empresas.

A pressão se torna ainda maior quando consideramos que os usuários finais estão conscientes dessas transformações e por isso precisam de cada vez mais desempenho e serviços por parte da TI. Isso está ligado ao aumento dos serviços baseados em nuvem, virtualização de servidores e surgimento de aplicativos, e por isso, a sua equipe precisa aumentar a eficiência da infraestrutura. Sem mudanças fundamentais, essas dores se tornarão cada vez maiores.

No universo da transformação digital, podemos dizer que os serviços de TI devem ser entregues de uma forma totalmente diferente, com flexibilidade e agilidade. Espera-se que, cada vez mais, todos os elementos de infraestrutura de TI (computação, armazenamento, gerenciamento e rede) sejam virtualizados e entregues de forma altamente automatizada, controlado por software e regido por políticas alinhadas com o propósito do negócio.

Uma abordagem a se considerar é a de Data Center definido por Software (SDDC), que se baseia na virtualização de data center e é basicamente uma evolução da virtualização do servidor, possibilitando mais inovação com menos custo e superando problemas comuns decorrentes de tecnologias legadas. Existem muitas formas de atingir sucesso com SDDC, mas desta vez apresentaremos a Hiperconvergência (HCI ou Infraestrutura Hiperconvergente), por acreditarmos que essa é a rota mais rápida e eficaz para se obter esses benefícios. Para isso, vamos começar entendendo a diferença entre infraestrutura tradicional, convergente e hiperconvergente:

 

  • Infraestrutura Tradicional

Este é um modelo que se consiste em um hardware proprietário e construído para armazenamento e rede. Os componentes formam silos separados com seu próprio software de gerenciamento, que podem ser de vários fornecedores e não contam com nenhum tipo de centralização, o que gera a necessidade de gerenciamento separado por parte de especialistas dedicados majoritariamente a essa função. Infelizmente, esse é um cenário é o oposto do ideal, visto que os aplicativos dinâmicos atuais e cargas de trabalho virtualizadas não foram projetadas para infraestrutura centrada no hardware. Além disso, a alta complexidade exige atenção constante da equipe de TI e menos disponibilidade para outras atividades.

 

  • Infraestrutura Convergente

O modelo de infraestrutura convergente representa uma grande melhoria em comparação ao tradicional, visto que pode resolver inúmeros problemas da TI por trazer computação, armazenamento, gerenciamento e rede em um único rack. Isso significa que a gestão é significantemente otimizada e consequentemente, é demandada uma atenção menor por parte da TI. Entretanto, existem também alguns pontos que devem ser observados, como por exemplo:

  • Sistemas separados, fluxos de trabalho e plataformas de gerenciamento ainda são necessários para muitas operações e tarefas de solução de problemas;
  • Perda de flexibilidade: os pacotes de hardware são pré-configurados para executar cargas de trabalho específicas e não podem ser facilmente alterados;
  • Os desafios operacionais e de provisionamento da infraestrutura tradicional muitas vezes permanecem, embora os limites físicos sejam eliminados.

 

  • Infraestrutura Hiperconvergente

O cenário de transformação digital e SDDS pede um ambiente definido por software e adequado aos desafios de TI atuais, com operações eficientes, provisionamento simplificado e rápido e otimização dos negócios (e consequente crescimento econômico). Essa é exatamente a proposta da infraestrutura hiperconvergente: os pilares de recursos de armazenamento e computação são fisicamente convergentes para um único servidor x86, e o hipervisor (a fonte do “hiper”) garante que funções como computação, armazenamento, rede de armazenamento e gerenciamento sejam executadas, integrando nativamente funções de rede de computação e armazenamento em uma plataforma virtualizada. Outros recursos de virtualização de rede e automação podem ser adicionados posteriormente, tornando a experiência ainda mais rica não só para a TI, como também para todas as demais áreas da empresa.

 

Olhar estratégico: Por que adotar Hiperconvergência?

 

  • Receita

Conte com alto custo-benefício, produzindo mais em menos tempo com sistemas que impactam diretamente na produção, vendas, faturamento e outras áreas cruciais da empresa. A HCI potencializa essas atividades, agregando segurança e facilidade de gerenciamento.

 

  • Competitividade

Empresas que não se adaptam às novas necessidades do mercado ou atualizam a sua infraestrutura de TI estão mais suscetíveis a problemas que podem levar à perda de reputação, vendas ou até mesmo a terem suas operações afetadas de forma irreversível. Além disso, empresas mais modernas conseguem produzir mais e melhor, o que é percebido pelos clientes.

 

  • Continuidade

Conte com uma infraestrutura mais resiliente e reduza drasticamente a probabilidade de paradas que possam impactar processos essenciais e impactar negativamente a receita.

 

  • Automatização

Linhas de produção estão cada vez mais automatizadas, ao mesmo tempo que também dependem cada vez mais da TI para funcionarem corretamente. Por isso é importante contar com uma solução que reduza o papel da TI nesse sentido, atribuindo também mais segurança e facilidade de gerenciamento.

 

  • Desempenho

Melhore a performance de todos os departamentos da empresa ao diminuir o tempo médio de processos essenciais. Desta forma é possível produzir mais em menos tempo e diminuir a dependência de outras áreas perante a TI.

 

Olhar técnico: Por que Hiperconvergência?

 

  • Rapidez

Na Infraestrutura Hiperconvergente é feito o uso de discos SSD que dão 10x mais velocidade de acesso aos dados armazenados no servidor e menor tempo de resposta para os sistemas.

 

  • Redução de custos

A HCI entrega redução de dados com deduplicação e compressão, o que consome menos espaço no disco. Além disso, o uso de servidores é mais barato do que storages dedicados.

 

  • Simplicidade

Facilite as rotinas do seu departamento contando com processamento, memória e armazenamento no servidor. Não é necessário gerenciar equipamentos como storages e switches SAN, pois o gerenciamento fica a cargo do software através de uma única console. Outra vantagem é o armazenamento virtualizado, com discos dos servidores transformados em um pool de armazenamento.

 

  • Resiliência

Os softwares de análise de pré-falha dos discos evitam paradas inesperadas. O nível de redundância de armazenamento entre os nós (servidores), por sua vez, garante continuidade em caso de falha de um, dois, ou mais servidores físicos ou até um data center inteiro usando cluster estendido.

 

  • Escalabilidade

Para adicionar recursos basta adicionar novos nós ao pool de servidores com o mínimo de intervenção. Conte com mais armazenamento, processamento e memória através da adição de nós.

 

  • Modernidade

A infraestrutura utiliza conceito de data center definido por software e integração com nuvem para várias finalidades. Além disso utiliza tecnologias SSD, rede de alta velocidade e muita automação.

 

  • Continuidade

Tenha mais continuidade de negócios graças a resiliência, automação, redundância, desempenho e integrações viabilizados pela HCI. Outras vantagens são a possibilidade de integração com nuvem para disaster recovery, recursos nativos de replicação de dados e máquinas virtuais e possibilidade de criação de estrutura de fail-over com a nuvem, com outro data center ou até com infraestrutura de servidores legados.

 

Quer saber mais sobre como a Hiperconvergência e continuidade de negócios podem otimizar a produção e receita da sua empresa? Clique aqui e fale com um de nossos especialistas!

Compartilhe esse Post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email